Itinerário

O blog Gente Passageira possui seis categorias, descritas abaixo. Saiba que tipo de história você encontrará em cada uma delas:

Conversas paralelas: todo mundo já esticou os ouvidos para escutar um diálogo entre passageiros que estavam no banco ao lado ou na parada de ônibus. Fala-se sobre tudo: o clima da cidade, o relacionamento amoroso que chegou ao fim, o trabalho estressante de cada dia. Não importa o assunto. Sempre se aprende alguma coisa a partir da história de outra pessoa.

PhotoBus: Tantas andanças de ônibus por Brasília são sempre acompanhadas de imagens. Queria eu poder fotografar com os olhos, mas, já que não posso, a categoria PhotoBus traz diferentes cliques do que vejo em meio às viagens de ônibus diárias.

Personagem da vez: dentro do ônibus é possível conhecer todo tipo de gente. São aquelas pessoas que fazem do coletivo um grande palco. Pode ser o vendedor de chicletes, a mulher que conta uma história de cortar o coração ao pedir ajuda ou o cobrador mal-humorado que irrita todo mundo. Sempre há um personagem que tornará sua viagem inesquecível.

Eu na história: tem dias que a vida faz de mim a protagonista do transporte público. Acontece, por exemplo, quando num curto intervalo de tempo todos os ônibus nos quais entro quebram. Ou quando, já dentro de um lotado, sou afetada por uma diarreia súbita que me leva a pensar que a vida não tem jeito. Ninguém escapa de estrelar um episódio marcante dentro de um ônibus.

Micro-micos: pagar mico no ônibus, na parada ou na rodoviária é mole. Difícil é lidar com ele. Por menor que seja, esse momento em que a face fica ruborizada, perde-se o chão e você se vê inevitavelmente exposto para dezenas de pessoas desconhecidas. É uma ótima oportunidade para aprender que a vida não deve ser levada tão a sério.

Você é o passageiro: opa! quem disse que você não vai contar suas histórias aqui? Se ao menos uma vez você andou de ônibus, já teve a oportunidade de viver alguma experiência incrível. Ou já esperou por várias horas, foi xingado sem motivo, comprou um produto irreverente ou ficou emocionado com algum gesto de solidariedade. Compartilhe com o mundo o que já aconteceu com você da forma que quiser – texto curto, longo, poesia, foto, vídeo ou frase. Mande para o e-mail gentepassageira@gmail.com. Aqui você também confere os resultados das enquetes do blog.